A “Terra do Gelo e Fogo” é um apelido bem intrigante para um país, certo? Mas quando se trata da Islândia e seu contraste natural entre neve e vulcões, o apelido cabe muito bem. Neste país, que promete baixas temperaturas, um visual incrível e muita neve, há também um fenômeno ótico natural, imperdível e de tirar o fôlego, que atrai milhares de viajantes nas épocas mais frias do ano: a Aurora Boreal.

 

Muita gente sonha em ver as Luzes do Norte. A atividade é feita em grupos, de preferência com um especialista em caças à Aurora, longe da poluição luminosa das cidades, e em meio ao gelo – onde o céu é mais aberto e  com luzes mais vibrantes. Você pode fazer piqueniques e beber nos campos de gelo enquanto você espera para ter essa experiência incrível.

O que é Aurora Boreal?

Aurora boreal é um fenômeno que ocorre nas regiões polares do nosso planeta, elas podem ser vistas perfeitamente a olho nu durante a noite ou final de tarde. São luzes brilhantes e coloridas – quase como se fossem mágicas -, que ocorrem em função do contato dos ventos solares com o campo magnético do nosso planeta.

 

Aurora Boreal vista do espaço.

Qual a melhor época para ver a Aurora Boreal na Islândia?

De Setembro a Abril, durante o Inverno na Islândia – quando as noites são mais longas – as Luzes do Norte dão shows nos arredores de Reykjavik. Essas partículas de ventos solares surgem de repente, nas cores azul, verde, roxa, branca e vermelha, dançando e arrancando suspiros de quem as vê.


E não é só na Islândia que é possível assistir a Aurora Boreal. Quer ver de perto este espetáculo da natureza? Confira aqui os nossos pacotes clicando aqui.

 

 

Sobre o autor Insight Viagens

Operadora de Viagens

Deixe uma resposta